Nova praça de Ipirá é alvo de vandalismo

A nova Praça São José de Ipirá, infelizmente têm sido alvo de vandalismo. Recentemente totalmente reconstruída e entregue à população, a Praça São José teve mudas de plantas furtadas nesta terça-feira (25), e a grama está sendo pisoteada. Diante disso, a Prefeitura de Ipirá diz que estuda medidas para evitar os vândalos, mas lembra que quem paga a conta é a população.
E o vandalismo não para por aí. Algumas pessoas estão cometendo outros crimes como a depredação da nova praça. Estão tentando derrubar as luminárias e ainda houve casos recentes que motoristas estacionaram em cima do passeio.
A Prefeitura Municipal de Ipirá lembra que a depredação da praça significa prejuízo para a população, que é quem vai pagar a conta.
A gestão municipal pede o apoio da população, em especial dos moradores do entorno da praça São José, que ajude a coibir esse tipo de crime, pois a depredação prejudica toda a comunidade.
Caso presencie atos criminosos entrem em contato com a polícia militar e/ou prepostos da prefeitura de Ipirá. A administração municipal está instalando câmeras para captar imagens de eventuais delitos.


Saiba mais
A arborização em vias públicas é um recurso importante não só para a estética da cidade, mas também para oferecer melhor qualidade de vida aos moradores. É importante destacar que o corte e a depredação de árvores sem autorização do poder público são considerados crimes ambientais. De acordo com o artigo 49 da Lei 9.605/98, é considerado crime ambiental “destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia”. A pena prevista para esse tipo de infração é de três meses a um ano, sendo sujeito a multa. No caso de crime culposo, a pena é de um a seis meses.
A infração também corresponde a crime de depredação de patrimônio público, como previsto no Código Penal. A pena prevista é de um a seis meses de detenção.
Ascom PMI