Multidão acompanha última noite do Festival de Quadrilhas Juninas de Ipirá

Uma multidão lotou a praça Roberto Cintra para acompanhar a última noite do festival de quadrilhas juninas de Ipirá. Com muita emoção e também começando a sentir saudades, o público viveu muitos sentimentos nesta quarta-feira, 19, enquanto as quadrilhas juninas se apresentavam em praça pública.

A primeira quadrilha da noite do município, formada por estudantes e equipe da Escola Municipal Alto Alegre, denominada Explosão, com tons de vermelho, amarelo e branco, a quadrilha veio com tema “O desejo nos move, São João nos envolve” empolgando o público e a cada passo levantando a curiosidade do público na evolução da quadrilha Junina. Com direito a poesia, fogueira e fogos de artificio, a Quadrilha Explosão deixou seu recado de envolvimento no São João. A quadrilha Junina Explosão contou como puxador Liana Cristina e ao final da apresentação o público aplaudiu com muito entusiasmo os integrantes da quadrilha.

A segunda quadrilha a se apresentar a “Os imigrantes” da escola Municipal Albina Cunha que optou pelo tema “A chegada dos franceses e da quadrilha junina no Brasil”, resgataram a origem das quadrilhas juninas aqui no Brasil através de um encantador Cordel, cores vibrantes e figurinos que representa a vestimenta francesa predominando as cores do pais. Com graciosidade apresentaram a dança dos imigrantes no estilo de forró. A quadrilha contou como puxadores Lucia Pires e Angelica Resende e o público reagiu com muita atenção a evolução da quadrilha junina com aplausos nos agradecimentos.

Terceira quadrilha da noite, a quadrilha Estrela do Sertão foi a praça Roberto Cintra com cores amarelas vibrantes e estrelas no peito, a Escola Municipal Alzira Bela Brandão trouxe o tema “O flevo do gonzagão”, com alegria, homenagearam Luiz Gonzaga com um áudio original de sua fala contando um causo, fazendo o Arriá do Camisão vibrar com sua evolução. A puxadora foi Ivania.

Também como ponto alto da noite e muito aguardada, a quadrilha junina Furdunço Nordestino foi a quarta a se apresentar. A Furdunço Nordestino comparado ao ano passado renovou de uma forma brilhante na apresentação e no figurino, trazendo o cangaço, a valorização do forró com artes cênicas e teatrais. Cada momento era uma surpresa, evoluindo com a história de um casal que aprendeu a gostar de forró e casando. Além de arrancar a alegria do povo. A quadrilha Furdunço Nordestino, foi a quadrilha convidada da noite. Os integrantes são de Itaberaba e trouxeram para o Arraiá do Camisão o tema: Dançar forró na sala de reboco, é simples assim. O público aplaudiu com muito entusiasmo e reconheceu a excelente apresentação puxada pela Iraneide Alves.

Como apresentação extra devido a interrupção na segunda-feira, 17, em decorrência de erros cometidos pela própria quadrilha, a quadrilha junina Amor Junino, teve a oportunidade de concluir sua apresentação nesta quarta-feira, 19. Os integrantes da quadrilha reconheceram o erro e pediram desculpas ao público, e mesmo após o contratempo da sua última tentativa de apresentação, eles conseguiram dar um show na praça Roberto Cintra. Na sua apresentação, a quadrilha exaltou o amor fazendo um desabafo contra o preconceito e pregando respeito, arrancando aplausos do público. Com um figurino impecável a quadrilha Amor Junino deu um toque especial na apresentação.

Estiveram acompanhando o festival o chefe de gabinete Edson Costa, a secretária de Educação Edineuza Ribeiro, superintendente de comunicação Albertino Neto, diretores, professores, entre outros integrantes do governo Orgulho de Viver Aqui. Além do público em geral.

Para finalizar o Festival de Quadrilhas Juninas do Arraiá do Camissão, a banda Novo Brilho não deixou ninguém ficar parado.

Valeu a pena acreditar e até o próximo ano!

Ascom PMI