“Horta na Escola” promove consciência ecológica em Ipirá

A Creche Municipal Rita Alves conta com um grande espaço que possibilita cultivar hortaliças e frutos. A partir de uma ideia da Secretária Municipal de Educação, Edneuza Ribeiro, a unidade de ensino conta com uma horta com o objetivo de aproximar as crianças de informações sobre escolhas alimentares, preparo de alimentos e economia doméstica, além de hábitos sustentáveis e ecologicamente corretos. Iniciativas como está estão em prática também em outras unidades de ensino da rede municipal para viabilizar a interação de crianças e adolescentes com o meio ambiente e despertar a consciência ecológica.
O projeto “Horta na Escola” conta com total apoio da Prefeitura de Ipirá, através da Secretaria de Educação e as ações são desempenhadas pelo Programa Despertar com os profissionais de cada unidade de ensino juntamente com os alunos. A meta da Secretaria de Educação é ampliar o projeto a todas as escolas do município.
ASCOM PMI

PROGRAMA DESPERTAR

Desde 2005, o Programa Despertar vem ampliando o papel social do Senar Bahia, tendo como objetivo promover a educação voltada para a responsabilidade social, em busca de alavancar mudança de valores, aliada a uma postura cidadã e socioambiental. O programa atende aos alunos da Educação do Campo, do Infantil ao 9º ano do ensino fundamental, trabalhando a Educação Socioambiental com temas transversais: meio ambiente, ética, saúde, cidadania, pluralidade cultural. Assim, o Despertar forma crianças e jovens do meio rural, preparando-os para a vida e para o exercício da cidadania.

Material Didático

Para que isso seja possível, o programa possui um material didático personalizado, atualizado constantemente em parceria com educadores, pedagogos e especialistas.

Formação do Educador

Professores, Coordenadores e Diretores são capacitados permanentemente através de encontros, seminários, dias de campo e trocas de experiências socioambientais.

Atividades Complementares

Também são fundamentais as experiências fora de sala de aula com os estudantes. De forma programada são realizados dias de campo, trilhas interpretativas, caminhadas ecológicas e de mobilização social nas comunidades, oficinas de reaproveitamento de resíduos, separação do lixo, além do cultivo de horta nas escolas.